fbpx

Franquias: saiba quais são as principais taxas e onde são aplicadas

Franquias: saiba quais são as principais taxas e onde são aplicadas

 

Antes de investir em uma franquia é natural que surjam algumas dúvidas, principalmente a respeito das taxas que geralmente estão inclusas neste processo. Nem todas as redes optam por cobrá-las de seus franqueados, principalmente quando ela fornece os principais produtos comercializados nas unidades.

 

Taxa de Franquia

Também conhecida como taxa inicial de franquia, ela é um valor único determinado pela franqueadora, sendo paga geralmente na assinatura do contrato ou do pré-contrato de franquia, para que o franqueado possa ingressar no sistema da rede.

Remunerando a franqueadora pela licença de direito do uso da marca, essa taxa também auxilia nos custos com a capacitação inicial do franqueado e de sua equipe antes da inauguração da franquia e a transferência de know-how adquirida pela experiência da rede.

Royalty

É o valor pago periodicamente pelo franqueado para o uso da marca e serviços prestados pela franqueadora. Normalmente é cobrado um percentual que pode variar entre 4% a 10% sobre o faturamento bruto da unidade.
Algumas franqueadoras responsáveis por fornecer os principais produtos comercializados nas unidades em vez de cobrarem diretamente os royalties, elas isentam os franqueados desta taxa, e no lugar embutem no valor dos produtos que elas fornecem. Além de ser uma prática comum, essa isenção de royalties pode ser vista como um atrativo no momento de vender a franquia.
Geralmente esses valores arrecadados pela franqueadora são revertidos em inovações, podemos ter como exemplo o desenvolvimento de novos produtos e serviços. Eles também custeiam as despesas da franqueadora em diversas ações que são voltadas para os franqueados, como atualizações de manuais, treinamentos, reciclagens, convenções, entre outros.

Fundo de Propaganda ou Marketing

Entendendo as novas demandas de mercado, de um tempo pra cá algumas franqueadoras renovaram seus métodos de arrecadação desta taxa. Umas preferem definir um valor único mensal que não tem inferência de acordo com o faturamento, enquanto outras sequer cobram valores dos franqueados, deixando eles à vontade para investirem no marketing e divulgação local de suas unidades. 

Quando a rede franqueadora arrecada esta taxa, seja com um valor fixo ou através de um porcentagem em cima do faturamento bruto, elas geralmente são aplicadas em estratégias de marketing e publicidade que beneficiam toda a rede, e não uma unidade específica.

Lembrando que é um direito do franqueado ter acesso a informações de como esses valores arrecadados foram utilizados através de uma prestação de contas, principalmente os que envolvem as taxas de marketing e propaganda. Assim a rede como um todo tem mais transparência e credibilidade perante todos.

 

 

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Focamos na formatação, implantação, gestão, expansão de negócios e franquias, com um time de profissionais qualificados e especializados em todas as áreas do franchising