Setor de Franquias cresce 6,1% no 3° Tri de 2019

Com o faturamento de R$ 47,203 bilhões, um aumento de 6,1% em relação ao mesmo período do ano passado, o setor de Franquias no Brasil termina o terceiro trimestre de 2019 em alta, segundo a ABF (Associação Brasileira de Franchising). Anteriormente a receita era de R$ 44.479 bilhões. 

Isso faz com que muitos empresários e empreendedores fiquem mais otimistas para investir neste setor e abrirem suas próprias franquias, resultando na retomada econômica e na melhora do desempenho no franchising brasileiro.

Segmentos em destaque

Como de costume o mercado de franquias segue na contramão da crise. Novamente todos os 11 segmentos tiveram um crescimento positivo neste terceiro trimestre, porém, segundo a ABF, 4 em questão tiveram um aumento mais significativo de seus números, sendo eles:

Casa e Construção

Com um crescimento de 9,1% as franquias deste setor foram as que mais se destacaram neste trimestre. Graças ao aumento da escala de produtos e serviços, investimentos em qualificação e a integração entre a indústria e lojas, é que este segmento teve ótimos resultados nos últimos meses.

Moda

Em virtude dos novos comportamentos dos consumidores, muitas marcas fizeram um redesign de alguns produtos e outras tiveram um crescimento das suas vendas online.  Neste caso, gerando um aumento de 8,6% no faturamento deste setor, somando um total de R$ 6.104 bilhões. 

Comunicação, Informática e Eletrônicos

Somando R$ 1.467 bilhões, o crescimento deste setor foi de 8,3%. Esse resultado foi consequência do aumento da demanda para este tipo de serviço, a abertura de novas unidades e a expansão das empresas de gestão de meios de pagamento. 

Hotelaria e Turismo 

Obtendo um aumento de 7,2%, este segmento foi destaque devido a melhora do quadro macroeconômico, que fez com que as franquias já existentes deste setor tivessem uma ampliação do seu faturamento. A operação de novas companhias aéreas low cost no Brasil também contribuiu para este resultado. 

Aumento na geração de empregos

Com o crescimento do número de franquias abertas e por consequência a necessidade de mais mão de obra para atender suas demandas, a taxa de geração de empregos diretos pelo franchising teve um aumento de 4% em relação ao mesmo período do ano passado, segundo os dados da ABF, somando um total de 1.342.618 postos de trabalhos. 

De acordo com o presidente da ABF, André Friedheim, “O setor de franquias apresentou um ritmo de geração de empregos superior à média nacional, alavancado pela abertura de novas unidades e também pela preparação para eventos sazonais como Dia das Crianças, a BlackFriday e até mesmo o Natal.”

Se você também deseja investir nesse setor tão lucrativo e ser um empreendedor que contribui com a economia, é só clicar aqui e escolher a sua Franquia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *