Entenda o que é o INPI e a sua importância

O Instituto Nacional da Propriedade Industrial, também conhecido como INPI, foi criado em 1970 com o objetivo de ser o órgão governamental responsável pela análise de pedido de registro de marcas no Brasil.

Além das marcas, o INPI é encarregado de receber, protocolar, decidir e registrar as solicitações de desenhos industriais, programas de computador e topografias de circuitos integrados, as concessões de patentes e as averbações de contratos de franquia e das distintas modalidades de transferência de tecnologia. 

Protegendo a sua marca

Mais do que um “simples” registro de marca, iniciar este processo no INPI trará mais proteção e credibilidade para a sua empresa, conquistando mais espaço no mercado e segurança entre os concorrentes e possíveis plagiadores. 

Independente dos custos envolvidos, o empreendedor deve entender que realizar o registro no INPI é um investimento para o seu negócio, não uma despesa supérflua.  

Seja uma Pessoa Física ou Jurídica que exerça atividade legalizada e efetiva, ambas podem solicitar um requerimento para o registro da marca no INPI. Ele terá duração de 10 anos válidos a partir da data de concessão, podendo ser prolongado por períodos iguais e sucessivos. Uma vez com o registro, seu detentor tem obrigação de utilizar a marca e renovar o registro no último ano de vigência.

Passos Importantes

Antes de iniciar um processo no INPI, é de suma importância realizar uma pesquisa para verificar se o que planeja solicitar já não está registrado por outro detentor. Esta busca pode ser feita por meio de palavra-chave, número do processo ou nome do depositante diretamente no site do INPIVale salientar que mesmo para um processo que não esteja concluído, a prioridade para o registro é sempre da empresa que fez a solicitação primeiro. 

Outro passo importante é o acompanhamento do registro da marca. Tratando-se de um processo que passará por diferentes etapas, podendo demorar alguns anos até ser concluído, é fundamental observar de perto todas as fases em que o mesmo se encontra. 

Durante este processo o INPI poderá solicitar novos documentos com prazos para serem entregues e determinar um período mínimo para cada etapa do registro, já que ele oferece um limite de 60 dias para que terceiros se manifestem contra o pedido. 

Ficou com alguma dúvida sobre o assunto? Fale com a gente!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *